Espécies protegidas

Espécies protegidas

Embora os invertebrados sejam o grupo de seres vivos dominante no nosso planeta, muitas das espécies encontram-se ameaçadas por fenómenos naturais ou como resultado, direto ou indireto, das atividades humanas. Por esta razão, é importante conhecer as espécies de invertebrados e o seu estatuto de conservação, por forma a evitar que se encontrem ameaçadas ou venham a extinguir.

São 15 as espécies de invertebrados protegidas em Portugal Continental ao abrigo da Diretiva Habitats (Diretiva 92/43/CEE transposta para a lei portuguesa através do Decreto-Lei n.º 140/99 e alterada no Decreto-Lei nº 49/2005). Estas espécies estão incluídas em diferentes anexos (Anexos II, IV e/ou V) de acordo com os seguintes critérios:

Anexo II – Espécies cuja conservação requer a designação de uma área pertencente à Rede Natura 2000.

Anexo IV – Espécies que necessitam de uma proteção estrita.

Anexo V – Espécies cujas recolha e exploração são controladas.

Apteromantis aptera
(anexos II e IV)
Apteromantis aptera (anexos II e IV)
Cerambyx cerdo
(anexos II e IV)
Cerambyx cerdo (anexos II e IV)
Macromia splendens
(anexo II e IV)
Macromia splendens (anexo II e IV)
Euphydryas aurinia
(anexo II)
Euphydryas aurinia (anexo II)
Unio tumidiformis
(anexo II e IV)
Unio tumidiformis (anexo II e IV)
Euplagia quadripunctaria 
(anexo II)
Euplagia quadripunctaria (anexo II)
Proserpinus proserpina 
(anexo II)
Proserpinus proserpina (anexo II)
Geomalacus maculosus
(anexo II)
Geomalacus maculosus (anexo II)
Gomphus graslinii
(anexo II e IV)
Gomphus graslinii (anexo II e IV)
Hirudo medicinalis
(anexo V)
Hirudo medicinalis (anexo V)
Lucanus cervus
(anexo II)
Lucanus cervus (anexo II)
Macrothele calpeiana
(anexo IV)
Macrothele calpeiana (anexo IV)
Margaritifera margaritifera
Margaritifera margaritifera (anexo II e V)
Oxygastra curtisii
(anexo II e IV)
Oxygastra curtisii (anexo II e IV)
Coenagrion mercuriale
(anexo II)
Coenagrion mercuriale (anexo II)

Projeto Lista Vermelha de Invertebrados
FCiências.ID – Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências
Campo Grande, edifício C1, 3.º piso, 1749-016 Lisboa, Portugal
Email: lv.invertebrados@gmail.com

Print